Turismo rural perto de Londrina: o que fazer, onde dormir e comer em Sapopema.

Hora de compartilhar com você a mais recente e também incrível viagem de feriado que vivenciamos. Foi bom demais passar três dias em Sapopema que com toda a sua simplicidade nos fez ter muitas sensações diferentes. Já havia sugerido Sapopema, no post sobre cinco lugares para curtir nos feriados, se não viu ainda, clique aqui.

Quem leu o post, viu que fazia 15 (tô perdendo as contas) 14 anos que não íamos à Sapopema, e amei voltar pra lá e rever o Salto das Orquídeas, conhecer lugares diferentes e fazer novas amizades. Dessa vez, viajamos junto com meu irmão, cunhada e prima, o que fez a aventura ser ainda melhor.

Pico_agudo_sapopema_parana
Foto: Keila Kubo

ONDE FICA SAPOPEMA?


Sapopema é uma cidade do norte do Paraná que fica à 125 km de Londrina. É uma pequena cidade, com pouca estrutura para receber os turistas, mas com muitas riquezas naturais que encantam aqueles que gostam de aventura e contato com a natureza. Para chegar lá é só pegar a saída para Ibiporã e depois de Jataizinho seguir pela PR-090. É uma viagem bem curtinha e dá tranquilamente para fazer um bate e volta, ou ainda aproveitar um fim de semana inteiro por lá. Atrações não irão faltar, certeza!

QUAIS ATRAÇÕES VISITAMOS?


Até onde eu sei, as atrações em Sapopema são todas naturais. Nós ficamos lá, por dois dias e meio e conseguimos fazer quatro passeios diferentes, porém vou relatar com mais detalhes, apenas 3 desses, que são os que mais gostei.

Toca_da_buzina_sapopema_
Trilha para chegar à Toca da Buzina.

O único lugar que fomos, mas não entrou nessa lista é a Toca da Buzina, que apesar de ter sido divertido não gostaria de ir novamente. Quem me conhece sabe que sou meio medrosa, quando existe possibilidade de algum contato com insetos e animais, mas se você for do tipo de pessoa que gosta de grutas não deixe de conversar com o pessoal do Sítio Matias e se informe sobre essa trilha. Existem, ainda, outras cachoeiras que ficarão para a próxima visita e consequentemente para outro post.

Toca_da_buzina_Sapopema_parana
A fenda conhecida como Toca da Buzina.

CASA DE PEDRA

A Casa de Pedra é um sítio arqueológico que fica em uma propriedade particular no bairro de Vida Nova, em que os proprietários abriram para receber turistas. O mais interessante desse passeio é seu valor histórico, pois lá foram encontrados indícios de vida primitiva, como pontas de flechas feitas de pedra lascada.

3
Foto: Keila Kubo

O acesso à Casa de Pedra é por meio de uma caminhada que primeiro passa por um pasto com terreno bem inclinado e depois por uma pequena trilha com vegetação, pois é bem na beira do riacho. Mas, achei bem fácil chegar lá, mesmo estando com nosso menino.

Em dias quentes, deve ser um local bacana pra se refrescar. Infelizmente, as fotos não ficaram legais. Como estava chovendinho quando saímos para a trilha, o marido não quis levar a câmera. Com isso tirei fotos apenas com o celular…#preciso de uma GoPRO…rsrs.

Esse passeio custou R$ 10,00 por pessoa e quem nos levou foi o Valdinei que é o proprietário do Sítio Matias. Para combinar entre em contato com eles: facebook.

PICO AGUDO

O Pico Agudo é a atração mais conhecida e mais procurada para visita na região de Sapopema e tem 1.100 metros de altura em relação ao nível do Mar. Eu simplesmente adorei conhecer e encarar a subida. O Pico Agudo fica no bairro do Lambari, há aproximadamente 30 km do centro de Sapopema, sendo 25 de estrada de terra. Pra quem sai de Londrina, a entrada para o pico é antes de chegar em Sapopema.

Sapopema_paraná_pico_agudo_visão
Foto: Keila Kubo

A estrada de terra é boa mas, tem alguns trechos com subida bem inclinada e que carros com motor 1.0 sobem com dificuldade, quando sobem. Você precisa judiar um pouco do carro para ele subir. Nós conseguimos, mas ficamos com dó do carro, que era do meu irmão. Nesse passeio, só fomos eu, meu irmão, cunhada e prima. O marido ficou com o nosso pequeno no sítio, pois definitivamente, o Pico Agudo não era lugar pra ele.

Pico_agudo_parana_sapopema
Grande parte da trilha é em mata fechada, então o descanso é com sombra e bem fresquinho. Foto: Adriel Lima

O percurso na subida, pode levar de 1h30 a 2h de caminhada, isso já contando com as paradinhas para descansar. Fiquei ofegante já no início da trilha que começa com uma inclinação….rsrs. Existem alguns trechos que é preciso se apoiar em cordas para subir. Mas, foi bem tranquilo. Eu nunca tinha feito uma trilha desse tipo, gostei demais e terminei com vontade de fazer outras.

Pico_agudo_Sapopema_parana_Subida
Foto: Keila Kubo

Resolvemos fazer a trilha com uma guia, a Mariana que é moradora da região e presta esse serviço de acompanhar os visitantes por Sapopema. Ela conhece bem o trajeto, é super animada e fez a aventura ser ainda mais legal! Para ir com ela, é preciso contactá-la e combinar.  Ainda tivemos a sorte de conhecer outras pessoas super legais que fizeram a trilha junto com a gente, a nossa sintonia foi muito boa. Experiência maravilhosa!

Sapopema_Parana_pico_agudo
Foto: Keila Kubo

Para fazer o passeio pagamos R$ 35,00 por pessoa para a guia e mais R$ 10,00 para entrar na propriedade em que o Pico Agudo fica. Se quiser contratar a Mariana o contato dela é: (43) 984481524. Também é possível fazer sem guia, fica a seu critério. Eu tenho certeza que ir com a Mariana fez muita diferença, principalmente por ser a primeira vez que estávamos indo. Eu não tinha nenhum tipo de experiência em subir montanhas, então recebi ótimas dicas da Mariana. Inclusive a calça que usei, foi emprestada por ela (pra ver a minha falta de noção…rsrs).

pico_agudo_sapopema_parana (2)
Foto: Adriel Lima

Observações:

  • Na nossa experiência percebemos que não compensa tentar fazer dois passeios no mesmo dia em que fizer o Pico Agudo. Nós queríamos, mas levamos quase o dia todo, pois tudo é bem demorado, a estrada de terra, a caminhada, a contemplação, a descida…etc. Vale a pena reservar um dia inteiro só pra ele e curtir bem.
  • Não dá pra levar muita coisa, pois a caminhada é longa e cansativa. Mas, leve água e um lanchinho. Assim, você não fica preocupado em descer pra almoçar e curte bem a paisagem lá de cima que é maravilhosa.
  • Na minha opinião, lá não é local para levar criança, pois tem trechos bem perigosos (e olha que vimos crianças). Eu fiquei imaginando que, se o meu filho estivesse comigo eu não aproveitaria nada. Pois, teria que carregar ele no colo em muitos momentos, iria ficar preocupada em olhar pra ele e só acabaria estressada e cansada. Então, eu não sugiro mesmo, levar crianças.
  • É bom lembrar de levar repelente, protetor solar, ir de roupas confortáveis, de preferência calça e camiseta de manga cumprida, pois tem alguns trechos que o mato pode machucar.

SALTO DAS ORQUÍDEAS

O Salto das Orquídeas continua lindo! Como disse antes, foi muito bom retornar nesse lugar. A última vez que estivemos nele foi duas semanas depois de nos casarmos e estávamos juntos com a família Lima, a minha família por parte de pai. Portanto, temos ótimas recordações que só melhoraram.

salto das orquideas_sapopema
A trilha é pelo lado esquerdo dessa que é a primeira queda á’gua.

Apesar de já conhecer o Salto resolvemos ir novamente com a Mariana. O que foi ótimo já que ela nos levou por uma trilha diferente do trajeto que fazíamos antes. Achei mais mais fácil e seguro de acessar as cachoeiras por essa trilha.

Sapopema_Parana_salto_das_orquideas
Segunda cachoeira da trilha.

A trilha é toda na beira do riacho e tem cordas em alguns trechos também. Dessa vez estávamos com nosso grupo completo. Além de mais um casal que já havíamos conhecido no dia da trilha do Pico Agudo. Ao fazer a trilha toda, é possível contemplar quatro cachoeiras.

Salto_das_orquideas_parana_sapopema
Salto das Orquídeas.

Nosso menino se saiu muito bem nessa trilha, mas resolvi não percorrer o trajeto inteiro com ele. Pois, seria cansativo demais, sem contar que a parte que ele não foi era mais perigosa também. Enquanto o pessoal desceu para ver o Salto das Orquídeas, eu e ele ficamos esperando e curtindo um pouquinho a natureza.salto_das_orquideas_parana_sapopema_

Levamos em torno de 4 horas para percorrer tudo, tirar várias fotos, sentar um pouco, curtir. Mas, se você quiser pode ir pra aproveitar o dia todo. Em dias quentes dá pra se refrescar bastante. Nós apenas fizemos Hiking, pois o clima não estava agradável pra dar uns mergulhos.

IMG_4310
Última cachoeira da trilha. Ótimo cenário para uma posição do Pilates.

Observações:

  • Lembrando que o lugar é lindo e maravilhoso, mas é preciso fazer tudo com muito cuidado e sem extravagâncias para que o passeio acabe bem para todos. Não é recomendado saltar nos poços das cachoeiras, pois sempre tem muitas pedras e isso é super perigoso. Outra medida de segurança é, sempre nadar mantendo a cabeça para fora ou bem próximo a superfície da água, assim você consegue ver se tem alguma coisa que pode ou não obstruir sua passagem.Salto_da_orquideas_sapopema_parana
  • Se for com crianças o cuidado deve ser redobrado. Tivemos que ficar de olho no nosso pequeno o tempo todo e em muitos momentos de mãos dadas. O bom de estarmos eu e o marido, é que a gente faz revezamento. Uma dica é ir com crianças que tenham costume de fazer trilhas ou caminhadas, pra que você não precise carregar no colo por muito tempo. No nosso caso, só carregamos o filhote na volta e isso porque queríamos acelerar o passo, se não, ele teria andado quase todo o trajeto (créditos para o colinho do tio…valeu irmão!). Na volta tem uns trechos cansativos, pois é subida em algumas partes. A dica é não voltar com pressa e a caminhada fica tranquila.
  • E outro detalhe importantíssimo: pra que o lugar continue lindo é preciso preservá-lo, então nunca é demais lembrar de recolher o seu próprio lixo, pois não tem lixeira pelas trilhas.
  • Na chegada ao Salto das Orquídeas tem uma lanchonete com banheiro e um espaço para camping.

ONDE DORMIMOS?


Como disse antes, Sapopema não conta com uma grande estrutura para o turismo. Mas, há algumas poucas opções de hospedagens, mesmo que bem simples. Para quem gosta de mochilão, vai se sentir em casa. O pessoal da Fazenda Abaeté nos indicou o sítio do Matias para acampar, pois, era isso que nós queríamos.

Estrada_vida_nova_sapopema_parana
Estrada para o sítio Matias no Bairro Vida Nova. Foto: Keila Kubo

O Sítio Matias fica no bairro Vida Nova, um bairro de Sapopema, afastado do centro, com uma distância de aproximadamente 15 km. Em torno de 12 km a estrada é de pedra e mais 3 km de chão. A paisagem é linda, cheia de vegetação e muito pasto.

Sitio_matias_sapopema_pAran-a_casa
No Sitio Matias é possível se hospedar nos quartos da casa ou em barracas próprias. Para o camping tem um banheiro externo nos fundos da casa.

Essa experiência no Sítio Matias foi totalmente diferente de todos os campings que já fomos na vida. O pessoal de lá compartilhou sua casa e sua vida com a gente. Vou tentar explicar: nós armamos nossa barraca em um dos pastos que escolhemos, mas pudemos compartilhar os espaços da casa, como banheiro, cozinha e varanda com a família que nos recebeu.Passeio_a_cavalo_sitio_matias.JPG

Foi tipo uma casa compartilhada, como no Airbnb, mas ao invés de termos dormido nos quartos da casa, dormimos na nossa barraca. Foi muito legal, pois, pudemos conhecer um pouca da região, das histórias, da vida dos moradores de Sapopema pelas lentes daquela família que nos hospedou. Parecia que estávamos na casa de algum parente distante de tão bem que fomos recebidos. Fez a viagem ser ainda mais bacana. Sítio_matias_sapopema

Sei que a maioria das pessoas gostam de ter privacidade e ficar confortáveis quando viajam. Eu também gosto (também gosto de ser mochileira…ehehe), mas com essa experiência, em Sapopema, aprendi que viajar e compartilhar a vida com as pessoas que nos recebem deixa tudo ainda mais interessante e divertido. Sitio_matias_sapopema_parana_galinha

A casa é bem simples e não conta com uma estrutura de pousada que foi planejada para isso. É apenas uma casa no sítio. Mas, nós gostamos muito de ter ficado lá e voltaríamos com certeza. Sitio_matias_foqueira_sapopema_parana

O nosso menino amou: andou a cavalo, brincou com as galinhas, viu os porcos sendo alimentados, presenciou o Valdinei (proprietário do Sítio) tirando leite da vaca, brincou na fogueira. Teve muitas experiências incríveis e veio embora falando que estava com saudade e que queria voltar logo…ehehhe….nós também.

Lá, tem café da manhã, almoço e jantar. Basta combinar que a Sueli, esposa do Valdinei, cozinha tudo com muito carinho e dedicação. Comida caseira, regional e com muitos produtos naturais. Delícia! O Valdenir fez um churrasco delicioso pra nós, com direito a carne de carneiro. Se quiser ainda dá pra comprar doces e queijos pra trazer pra casa. Destaque para o requeijão que trouxemos e foi devorado rapidamente…rsrs.

cafe_da_manha_sapopema_sitio_matias

Tarifas no Sítio Matias: camping R$ 15,00 a diária por pessoa; almoço e jantar R$ 25,00 cada; café da manhã R$ 15,00. Se você preferir, pode ficar em um dos quartos da casa. Consulte os valores com a Sueli, pelo telefone (43) 984057027 e se quiser mais informações e fotos acesse o facebook deles.

ONDE MAIS COMEMOS?


PANUTRI

Quando nós chegamos em em Sapopema, por volta de 9h da manhã, em uma sexta-feira que era feriado, quase tudo estava fechado, mas havia uma boa padaria e conveniência aberta, o que nos permitiu tomar café da manhã. Não vimos nenhuma outra opção de estabelecimento com uma estrutura bacana, então ficamos muito felizes quando passamos em frente a Panutri, que fica no centro da cidade, na avenida principal.

FAZENDA ABAETÉ

A Fazenda Abaeté, foi o primeiro contato que tivemos quando resolvemos ir pra Sapopema. A Sandra que é a proprietária foi muito eficiente e simpática ao me atender, tirou todas as minhas dúvidas e indicou o Sítio Matias para o camping.fazenda_abaete_sapopema_parana_.JPGA Fazenda é uma pousada, porém eles também recebem os turistas para almoço ou café da tarde. Mas, atenção, é preciso agendar com antecedência, para que eles possam se preparar.Fazenda_abaetê_Sapopema_ParanaNós almoçamos lá no último dia em que estivemos na cidade. A Fazenda Abaeté também fica no Bairro Vida Nova, há uns 12 km de distância do centro. São vizinhos do Sítio Matias e muito companheiros. A Fazenda conta com uma estrutura mais preparada para receber os turistas. Não cheguei a visitar os quartos, porém os espaços da sala de estar, jantar e varanda são bem aconchegantes.Fazenda_abaetê_varana_sapopema_parana.JPGA refeição servida estava uma delícia! Comida caseira e também feita com ingredientes fresquinhos. O almoço na fazenda custa R$ 25,00 por pessoa e você pode comer à vontade. Lá, também é possível comprar doces e queijos feitos pela Sandra. O telefone para contato é (14) 981672187 (whatsapp) / (43) 98441-2174 e eles tem facebookfazenda_abaete_sapopema_Parana_bebida.JPG


Como disse no início deste post, essa viagem nos despertou diferentes sensações. Uma delas foi a alegria de ser recebidos com tanta hospitalidade e simpatia. Esse foi o grande diferencial dessa viagem. Com certeza a saudade não é apenas das aventuras e dos lindos lugares que passamos, mas também das amizades que nasceram naquele feriado. Quando terminamos nossa viagem a sensação foi de gratidão por tudo o que vivenciamos naqueles dias e pelas pessoas que pudemos ter o prazer de conhecer.

Sapopema, com certeza voltaremos para prestigiar ainda mais desse turismo natural e dessa hospitalidade que vocês tem!

E assim termina mais um post da nossa aventura, com dicas e informações. Se tiver alguma dúvida é só perguntar nos comentários que teremos o prazer em responder.

Siga-nos pelo Facebook e Instagram, assim você fica por dentro de todas as novidades. E também dá pra seguir o Blog, é só se inscrever com seu endereço de e-mail.

IMG_4049

 

LEIA MAIS SOBRE SAPOPEMA

10 passeios que você pode fazer em Sapopema

Onde dormir em Sapopema: Review da Fazenda Abaeté.

O que você precisa saber sobre o seu deslocamento em Sapopema.

7 comentários Adicione o seu

  1. Vamos voltar sim! Você merece subir lá!

    Curtir

  2. Mere Lima disse:

    Super caprichado e cheio de detalhes este post, agendando a data pra conhecer tudo isso!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Que bom que gostou! Espero que vocês gostem tanto quanto nós.

      Curtir

  3. Kinha Oliveira disse:

    Parabéns pelo seu blog, sou formada em Turismo e achei muito importante essa valorização que você faz aqui da região,posts muito interessantes, atraem a gente para conhecer os lugares . Sucesso

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oi Kinha, muito obrigada! A nossa região é linda e merece ser valorizada. Fico feliz por ter gostado.

      Curtir

  4. Adriel Henrique disse:

    Ficou muito bom keila, gostei muito desse passeio e logo estaremos lá novamente.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Vamos sim! Ficaram muitas atrações para trás. Sem contar que a saudade do pessoal tá grande também…rsrs

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s