fbpx

Parque Histórico de Carambeí: um retrato da Holanda no Paraná.

Se você vive passeando pelos blogs de viagem (como eu), já deve ter ouvido falar (ou melhor lido) sobre a cidade de Carambeí. Casas_em_carambei_parana

Fiquei sabendo da existência dessa charmosa cidade, pelo blog matraqueando, de cara me apaixonei e quis conhecer. Se você não faz ideia de onde fica essa cidade e do que tem por lá, continue lendo esse texto para ficar por dentro. Quem sabe você se apaixona também e já vai fazer um belo passeio…rsrs.

Cidade_carambei_parana

Carambeí é uma cidadezinha colonizada por holandeses. É toda charmosa, pois tem em suas construções um estilo Europeu. Aquelas casinhas com grades bem baixinhas e com jardins lindos na frente.

***Este post foi publicado originalmente em fevereiro de 2017. 

** Atualização 13/12/2018.

O que tem pra fazer em Carambeí?

Parque das Águas, uma das partes do Parque Histórico de Carambeí.

Lá, você encontra um dos maiores museus a céu aberto do Brasil: o Parque Histórico de Carambeí. Pensa em um lugar bonito, muito bem cuidado e em ótimo estado de conservação. Eu não imaginava que tivesse um lugar como esse tão pertinho da gente. E olha que já tinha passado por perto dele várias vezes, quando fui à Curitiba ou ao litoral.

Basicamente, o parque conta a história dos imigrantes holandeses que vieram viver a vida em terras brasileiras. Em uma das partes do parque é possível andar pela Vila Histórica e ver um pouco de como foi a vida dos imigrantes na região.

Parque_historico_de_carambei
Vila histórica do museu.

Cada casinha, comercio e até mesmo a igreja que ali se encontram são construções originais antes habitadas e frequentas pelos colonos. Quando o museu foi construído, cada uma delas foram transferidas para a área do museu. Portanto, a vila histórica do museu é a representação real da vila original. Os turistas podem entrar em cada ambiente, observar e até mesmo sentir um pouco da história ali contada. Eu simplesmente amei o passeio. Tanto é que já estive lá três vezes.

Igreja do Parque Histórico de Carambeí.

Uma dica pra quem mora na região norte do Paraná: se você tem uma viagem programada para a região de Ponta Grossa, Curitiba, ou litoral; se você estiver passando por ali, reserve algumas horas para conhecer o Parque Histórico de Carambeí. Vai valer a pena!

Só aqui você já economiza no combustível e pedágio e ainda vai ter a oportunidade fazer um passeio cultural, tirar belas fotos e ter momentos de descanso curtindo paisagens e ambientes lindos.

Igreja_vila_historica_carambei
O som de pessoas conversando bem baixinho e de músicas sendo reproduzidas pode ser ouvido ao entrar dentro da igrejinha.

Ou você pode fazer como a gente: ir exclusivamente para conhecer o Parque e a cidade. Se você optar por isso, também não vai se arrepender. Porque terá tempo para curtir o parque histórico com mais calma e também aproveitar para fazer um turismo gastronômico (uma das melhores partes de viajar: comer…rs). Um fim de semana, na região, pode ser muito proveitoso, pois bem pertinho de Carambeí tem outros pontos interessantes e divertidos. Como um moinho holandês construído em tamanho real, o Parque de Vila Velha em Ponta Grossa ou  ainda o Buraco do Padre.

Jardim do Parque Histórico de Carambeí.

Natal no Parque

O parque conta com uma programação toda especial para o natal. Tem um teatro à céu aberto que existe apenas para apresentações natalinas. As apresentações vão desde encenações teatrais até musicais. Eles investem muito nessa programação. O Natal no Parque já tem sido reconhecido como o melhor evento natalino da região dos Campos Gerais. Dá pra ver que tudo é pensado e organizado para proporcionar ótimos momentos para a comunidade.

Eu queria muito ter assistido ao musical de natal no teatro, mas quando a gente foi, choveu em vários momentos do dia, então as apresentações foram realizadas no espaço interno que o parque possui. E mesmo assim a apresentação foi muito linda e emocionante. O bom é que faça chuva ou faça sol a programação é mantida.

palco carambei parque historioco
Palco onde acontece apresentações natalinas.

O parque fica todo iluminado durante a programação de Natal. É muito bonito! Nós estivemos lá em dezembro de 2016.

Natal_Parque_historico_de_carambei

Para saber qual será a programação desse ano acesse o site do Parque, aqui. Fique atento aos horários pois, o funcionamento do parque é diferenciado durante a época que precede o natal.

Horário de funcionamento e preços em dias normais 

Normalmente o parque funciona de terça à sexta das 11h00 às 18h00. Sábado e Domingo das 11h00 às 18:30. Os ingressos são vendidos na bilheteria do parque. Crianças de 0 a 6 anos são isentas e pessoas acima de 60 anos também, desde que não estejam com grupo agendado. Tem a opção de meia entrada e o custo da inteira é de 16,00. Para mais informações, clique aqui.

parquinho_Carambeí_parque_histórico
Parquinho que fica na entrada do Parque Histórico de Carambeí.

Onde comer em Carambeí?

Koffiehuis Confeitaria e Restaurante:

É o restaurante que fica no Parque Histórico de Carambeí. Servem comida típica holandesa e indonésia, com serviço de Buffet aos fins de semana, das 12h00 às 14h00. E a confeitaria funciona de terça a domingo das 11h00 às 19h00.

restaurante_Koffiehuis_carambei Nós apenas provamos a comida do Buffet que tem sobremesa incluída. Então, não deu pra experimentar as tortas (não cabia mais nada). Mas, estavam todas com uma aparência incrível. Veja o Review sobre o Koffiehuis Confeitaria e Restaurante.

Restaurante_Parque_historico_carambei

Frederica’s Koffiehuis:

O Frederica’s é uma cafeteria especializada em tortas. Mas, no cardápio deles você também vai encontrar empadões deliciosos e outros petiscos. As tortas e os empadões são vendidos por pedaços e tem opção de dois tamanhos.

Tortas_holandesas_carambei (2)

Na primeira vez que fomos pra lá comi um empadão de frango e uma torta de chocolate com pimenta. Os dois pedidos estavam ótimos. Mas, tem muitas opções de tortas…fica tão difícil de escolher…hahá.

Estivemos lá outras vezes e experimentamos outros sabores. Tudo delicioso!!

Além de tortas servem também opções de porções, como o delicioso croquete holandês: o Bitterballen. Uma delícia! Com certeza em nossa próxima visita, entrará no nosso pedido.

 

A cafeteria é muito aconchegante. Tem mais de um ambiente e todos muito bem decorados. A gente fica até em dúvida de onde quer sentar (Isso quando é possível escolher o lugar, porque dependendo do dia e horário, o local fica bem cheio).

Na primeira vez que fomos pra lá o movimento estava tranquilo. Mas, nós chegamos quase no final do expediente. Já na segunda vez tivemos que encarar uma fila de espera.

Funcionam de quarta à domingo das 14h00 às 20h00.

Onde dormir em Carambeí?

Como Carambeí é uma cidade pequena (21 mil habitantes) tem poucas opções de hospedagem. Em uma busca do google aparecem apenas duas opções na cidade.

Hotel De Klomp: É o principal hotel da cidade e fica na rua que dá acesso ao Parque Histórico de Carambeí. A fachada do hotel tem um estilo holandês por conta do dois sapatinhos na frente que chamam atenção, principalmente das crianças.Hotel_de_klomp_carambei

Eles disponibilizam duas opções de quartos: o luxo que custa R$ 215,00 a diária e o standard no valor de R$ 160,00. Esses valores são de dezembro de 2018 e são para um casal. É um hotel simples, mas cumpre bem com a necessidade de um viajante de fim de semana: tomar um banho e dormir. O café da manhã me surpreendeu, pois contava com tortas e até empadões. Delíciaaa! Tem um post sobre este hotel com mais detalhes, aqui.

Hotel Ágape: Neste, não dormi nenhuma vez. Mas, estou citando-o, porque é mais uma opção na cidade. Pra quem quer economizar, o preço é mais acessível em relação ao Hotel De Klomp.

** Consulte os preços atualizados com os estabelecimentos.

Fora de Carambeí tem diversas opções de hotel e pousada. Ponta Grossa e Castro são as cidades mais próximas. Dá pra dormir tranquilamente em uma dessas cidades depois de um dia de passeio pelo Parque Histórico. Se quiser verificar outras opções de onde dormir na região, você pode usar a caixinha de pesquisa do Booking, abaixo. Se você decidir fazer sua reserva de hospedagem através desse link, estará ajudando o blog que receberá uma pequena comissão. Você não pagará nada a mais por isso.

Booking.com

Onde fica Carambeí?

Fica à 285 km de Londrina pela Br 376.  Saindo de Londrina, você deve ir em direção à Ponta Grossa e pegar a saída para a Br 373. De Ponta Grossa à Carambeí são aproximadamente 21 km. É super fácil de achar, ainda mais com o “bendito” Google maps. Sem maiores atrasos você levaria em torno de 4 horas pra chegar (saindo de Londrina). Não é uma viagem curtinha, eu sei. Mas, valeu muito a pena pegar a estrada e ir conhecer.

Acho que as pessoas da cidade ficaram achando que éramos meio loucos, quando eu falei que tínhamos ido pra lá com a finalidade de conhecer a cidade…rsrs. Pelo que andei lendo, o número de visitas à cidade têm aumentado, mas não deve ser muito comum, pessoas viajando 4 horas pra prestigiar o lugar.

Carambeí em outros blogs de viagem

Para finalizar esse post, estou deixando a seguir uma lista de blogs que já estiveram no Parque Histórico de Carambéi e compartilharam suas experiências sobre esse passeio super interessante. Está em ordem de data: do mais recente para o mais antigo, com exceção do primeiro da lista que é o único que vou fazer algum comentário. Clique no nome do blog  e você será direcionado para cada artigo.

Matraqueando: na minha opinião, este artigo descreve bem o Parque Histórico de Carambeí. Apesar de a postagem ser de setembro de 2015, o relato inicial retrata devidamente o parque e tem fotos lindas que cativam o coração. Se você ficar com preguiça de ler os outros, leia ao menos esse…se não, faça como eu: leiaaa tudinho…rsrs.

Finestrino

Blog da Flaviana

Os caminhantes

De Mochila e caneca

Pés na areia

Café viagem

Comendo Chucrute e salsicha

Veja viagem

Destemperados


Espero que tenha gostado de saber sobre esse lugar tão bacana aqui do Paraná.

Siga o blog para não perder nenhuma novidade e atualização. Para isso é só clicar no botão SEGUIR que fica na barra lateral direita e depois inserir o seu e-mail 🙂 .

Até a próxima!!

Keila Kubo

0 comentário em “Parque Histórico de Carambeí: um retrato da Holanda no Paraná.

  1. Parabéns pelo projeto, Keila!!
    Adorei!!! Muito bem escrito, com fotografias lindas! Amei tudo! Carambeí entrou na minha lista. Grande beijo! ????????????????????????????????????

Deixe uma resposta

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo
%d blogueiros gostam disto: